Política

TRE suspende pesquisa eleitoral ‘contraditória’ em Campo Grande

"Com vícios"

Diego Alves Publicado em 31/08/2016, às 23h30

None
pesquisa-eleitoral.jpg

"Com vícios"

O TRE-MS suspendeu a divulgação da pesquisa eleitoral de intenção de votos de Campo Grande realizada pelo Instituto Valle.  O juiz Marcelo Andrade Campos Silva, da 53ª Zona Eleitoral, foi quem fez a suspenção. Ele acatou pedido da chapa “Por uma Campo Grande Melhor”, do candidato a prefeito Coronel David (PSC).

Os advogados do PSC apontaram vícios no levantamento, como contradições no número de pessoas a serem entrevistadas. “Desta forma, como a amostra se encontra incorreta no registro, não há como se dar andamento à divulgação da pesquisa”, apontou o magistrado.

De acordo com a decisão, a irregularidade consistia no número incorreto de amostragens por parte da pesquisa. “Em 850 entrevistas, quando a pesquisa indica 1750; valor incondizente com os custos da pesquisa, aquém do esperado; irregularidades no plano amostral quanto à escolaridade dos entrevistados (percentuais diversos dos encontrados no site do TSE)”, consta na decisão.

Jornal Midiamax