Política

PTN lança chapa com Aroldo Figueiró candidato a prefeito

Vice é o empresário Tamotsu Mori

Evelin Cáceres Publicado em 06/08/2016, às 15h06

None
ptn.jpg

Vice é o empresário Tamotsu Mori

O PTN (Partido Trabalhista Nacional) vai concorrer a eleição deste ano com chapa pura e oficializou nesta sexta-feira (5) o engenheiro Aroldo Figueiró como pré-candidato a prefeito durante convenção do partido. A sigla concorre com 44 nomes na disputa a vereador e o vice será o empresário Tamotsu Mori.

“Somos a terceira via, a opção do diferente e de gente nova, tanto para prefeito como para vereadores. Temos que colocar Campo Grande de volta ao crescimento, criando subprefeituras e gerências absorvendo toda a administração pública, organizar o planejamento urbano, valorizando pessoas e profissionais”, disse Aroldo.

Aroldo Abussafi Figueiró tem 63 anos, atua há 30 anos na área de Engenharia Civil, com ênfase no transporte, trânsito e acessibilidade. Foi diretor de transporte e trânsito da capital, no governo de Juvêncio Cezar da Fonseca criou a Secretaria Municipal de transporte e trânsito, sendo titular por duas gestões.

No Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul) foi diretor adjunto. Em 2007 cursou MBA de Pericia, Auditoria e Gestão Ambiental. Atualmente é Coordenador do Eixo de Saneamento Ambiental no Conselho Estadual das Cidades de Mato Grosso do Sul, além de professor universitário e conselheiro suplente do CREA-MS.

O escolhido para ser vice-prefeito foi o empresário Tamotsu Mori, suplente de vereador da última eleição ao legislativo. Descendente de japonês, Mori foi ex-dekassegui, participou também da diretoria da Associação Nipo e esteve a frente da Central de atendimento ao Cidadão de Anhanduí.

Jornal Midiamax