Política

Projeto de deputado estadual aumenta licença paternidade para servidor

Ideia é subir o benefício de 5 para 20 dias

Celso Bejarano Publicado em 23/12/2016, às 12h11

None
cabo_almi.jpg

Ideia é subir o benefício de 5 para 20 dias

O deputado estadual Cabo Almi, do PT, apresentou ontem, quinta-feira (22), projeto de lei que modifica o Estatuto dos Funcionários Públicos Civis do Poder Executivo, das Autarquias e das Fundações Públicas do Estado de Mato Grosso do Sul. Proposta do parlamentar amplia de cinco dias para 20 dias a licença paternidade, contados da data do nascimento do filho.

O projeto alcança os casos de adoção de filhos de até 12 anos de idade incompletos. A medida visa adequar a norma estadual ao Decreto Presidencial 8.737. A matéria segue agora para análise da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR).

“Desde o dia 4 de maio de 2016, com a publicação do Decreto Presidencial, passamos a ter um conflito em relação ao tratamento dispensado à matéria em questão. Portanto, esse projeto revolverá  a divergência”, destacou Cabo Almi.

O deputado também foi à tribuna da Casa de Leis para fazer um balanço das atividades do mandato e ressaltou que 2017 será um ano de desafios ao Estado. "Voltaremos para grandes debates e esperamos que seja um ano de prosperidade a todos que vivem em Mato Grosso do Sul", disse.

Jornal Midiamax