Política

Pistoleiro que executou Rafaat tenta fugir abrindo algema com medalha da Virgem

Médico flagrou tentativa de fuga

Wendy Tonhati Publicado em 24/06/2016, às 21h00

None
download.jpg

Médico flagrou tentativa de fuga

O brasileiro Sérgio Lima dos Santos, de 34 anos, apontado como um dos envolvidos na execução de Jorge Rafaat Toumani, tentou fugir, na tarde da quinta-feira (23), do hospital em que estava internado, em Assunção, no Paraguai.

De acordo com informações do jornal paraguaio Ultima Hora, ele teria tentado abrir a algema com uma medalha da Virgem Maria. 

Conforme as informações da imprensa paraguaia, o médico que estava de plantão teria entrado no quarto e encontrado Santos tentando abrir a algema, com a medalhinha da pulseira que usava.

O médico 'confiscou' a medalha e avisou aos policiais que estavam de plantão. A polícia preparou um relatório sobre a tentativa de fuga. 

Informações apontam Sérgio como integrante do "Comando Vermelho". Ele seria um dos pistoleiros que participaram da execução de Rafaat. Ele teria atirado e forçado a parada do carro de Rafaat com uma arma anti-aérea instalado em uma van blindada.

Execução

O assassinato ocorreu no dia 16 deste mês e intensificou o conflito entre traficantes brasileiros e paraguaios que disputam o controle pelo tráfico de drogas na fronteira. Rafaat era dono de uma rede de lojas Pedro Juan Caballero, cidade que faz fronteira com o Brasil, e foi executado por homens fortemente armados. A polícia sustenta que a maioria dos envolvidos sejam brasileiros e ligados ao tráfico de drogas.

Pistoleiro que executou Rafaat tenta fugir abrindo algema com medalha da VirgemA suspeita é de que os envolvidos tenham ligação com o PCC (Primeiro Comando da Capital), facção criminosa criada em São Paulo, além do CV (Comando Vermelho) comandado por criminosos do Rio de Janeiro. 

Na madrugada do dia 17, o escritório de segurança privada de Rafaat foi alvo de um grupo armado com fuzil 762. Eles atiraram contra o prédio, além de render um guarda que fazia segurança no local. Ele foi desarmado e teve a escopeta calibre 12 e uma pistola 9mm tomadas pelo grupo.

Jornal Midiamax