Política

PGR pede que STF investigue Dilma, Lula e Cardozo por obstruir Lava Jato

Caso está com o ministro Teori Zavascki

Ludyney Moura Publicado em 04/05/2016, às 13h26

None
download_2.jpg

Caso está com o ministro Teori Zavascki

O Procurador-Geral da União, Rodrigo Janot, encaminhou ao STF (Supremo Tribunal Federal) pedido de abertura de inquérito contra trio de petistas que teriam tentando obstruir o curso das investigações da Operação Lava Jato, são eles a presidente Dilma Rousseff, o ex-presidente Lula e o Advogado-Geral da União, José Eduardo Cardozo.

De acordo com o jornal O Estado de São Paulo, logo após pedido da PGR, Cardozo se encontrou com o presidente do Supremo, ministro Ricardo Lewandowski, para uma agenda que não teve a pauta divulgada. Em seguida o petista encontrou-se com Dilma.

Não se sabe se o pedido de Janot entrou na bojo do encontro, todavia para que o Supremo passe a investigar o trio, o ministro relator da Lava Jato na Corte, ministro Teori Zavascki, autorize abertura do procedimento de investigação pedido por Janot.

As solicitações do Procurador partiram da delação premiada do senador Delcídio do Amaral (sem partido) e no episódio da nomeação de Lula ministro-chefe da Casa Civil, que para Janot, serviu como tentativa de Dilma de ‘tumultuar’ a Lava Jato, além de tirar o ex-presidente do foco do juiz Sérgio Moro, responsável pela investigação em 1ª instância.

O pedido de investigação acontece em meio à tramitação no Senado do processo de impeachment que pode afastar Dilma por 180 dias e deixar o governo com Michel Temer (PMDB-SP). 

Jornal Midiamax