Política

Organização escolhe 80 catadores do lixão para ‘abre-alas’ de protesto

Expectativa é de cem mil pessoas no ato

Midiamax Publicado em 13/03/2016, às 18h29

None
protesto.jpeg

Expectativa é de cem mil pessoas no ato

Um grupo de oitenta catadores de materiais recicláveis da comunidade Cidade de Deus foi escolhido pela organização para formar o 'abre-alas' da manifestação que ocorre hoje, contra a corrupção e pelo impeachment da presidente Dilma Roussef, na Avenida Afonso Pena.

Segundo a integrante do movimento Reaja Brasil, um dos que realizam atos neste domingo, Soraia Tronicke, os trabalhadores, que atuam no aterro sanitário do bairro Dom Antônio Barbosa vão ficar à frente da passeada para mostrar que 'o povo tem voz, tem poder'.

De acordo com ela, também está prevista a participação de 200 cavaleiros em meio aos manifestantes. Soraia acredita que ao menos 40 mil pessoas vão participar, mas diz que a expectativa é de muito mais gente. Durante entrevista coletiva nesta semana para anunciar como seria o ato, a previsão de público dada foi de cem mil pessoas.

A manifestação é organizada pelo Reaja Brasil, pela Maçonaria, pela Força Sindical, pela Associação Comercial e Industrial de Campo Grande e pela Fecomércio.

A segurança é feita por 600 policiais, segundo foi divulgado durante a semana.

Jornal Midiamax