Política

Eduardo Rocha quer meio período para servidores durante a campanha

Se aprovada, legislativo funciona até 13h

Celso Bejarano Publicado em 02/08/2016, às 14h04

None
rocha.jpg

Se aprovada, legislativo funciona até 13h

O deputado estadual Eduardo Rocha, do PMDB, disse que vai propor que a Assembleia Legislativa funcione somente por meio período, das 7h às 13h no período de campanha, que se inicia oficialmente no próximo dia 16. O propósito do parlamentar é que os deputados e servidores da Casa participem da campanha eleitoral.

Questionado se a ideia era legal, Rocha disse que sim, “desde que a atividade não fosse remunerada”. No caso, um assessor de deputado que aderisse à proposta, teria que trabalhar pela manhã para ao parlamentar e, à tarde, acompanhasse ele em missões eleitorais.

Eduardo Rocha disse também, nesta terça-feira, primeira sessão após o recesso parlamentar, já ter definido que vai apoiar, em Campo Grande. Segundo ele irá apoiar, juntamente com seu grupo, a candidata do PSDB, Rose Modesto.

Ele justificou o apoio devido a “parceria antiga” que mantém com os tucanos. Já em Três Lagoas, seu reduto eleitoral, o parlamentar afirmou que não vai apoiar nenhum candidato à prefeitura. Lá, o PMDB também não lançou candidatura própria ecada vereador ficou livre para apoiar quem quiser na majoritária.

Jornal Midiamax