Política

Deputado confirma chapa para prefeito com 7 partidos e sonha com PSDB

Parlamentar tenta apoios para garantir eleição

Ludyney Moura Publicado em 27/02/2016, às 11h26

None
12745849_819388661524312_5557592162507447395_n.jpg

Parlamentar tenta apoios para garantir eleição

A disputa para prefeito da 2ª maior cidade do Estado, Dourados, promete ser acirrada este ano. Principalmente nome do PMDB para o pleito, o deputado federal Geraldo Resende, afirma que já tem apoio de outras seis legendas.

“Já temos o apoio do PSD, PTB, PDT, SD, PEN e PSC (além de seu partido, o PMDB). E estamos ainda discutindo possível apoio do DEM, com o deputado Zé Teixeira, e com o governador Reinaldo Azambuja, com o PSDB”, revelou Resende.

De acordo o peemedebista, as pesquisas de opinião de voto a que teve acesso hoje lhe dão um ‘certo conforto’, que ele pretende ampliar com a adesão de novos quadros à sua pré-campanha.

Entre os alvos de Geraldo está o PSDB, do governador, que tem no ex-deputado Marçal Filho, adversário político do peemedebista, o principal nome tucano para disputa da cadeira hoje ocupada por Murilo Zauith (PSB).

“Torço pelo apoio não só do cidadão Reinaldo Azambuja, mas do governador Reinaldo Azambuja”, declarou Resende.

Além dele e de Marçal Filho, que inclusive deixou o PMDB por desavenças com o próprio Geraldo, os deputados estaduais Zé Teixeira e Barbosinha (PSB), aparecem como potenciais candidatos à Dourados de olho no apoio do governador. 

Jornal Midiamax