Política

Candidatos destacam igualdade de tempo e critério democrático em debate do Midiamax

Onze dos 15 candidatos participaram do debate

Evelin Cáceres Publicado em 17/09/2016, às 03h09

None
capa_destaque.jpg

Onze dos 15 candidatos participaram do debate

No último bloco do debate do Jornal Midiamax, que acontece nesta sexta-feira (16), os candidatos fizeram as considerações finais em ordem definida por sorteio. O primeiro candidato a ser despedir foi Suél Ferranti (PSTU) que tratar-se do único partido revolucionário e que vai governar com auxilio de conselhos e sindicatos, povos da terra, quilombolas e juventude. Vai atua r no combate à homofobia que é uma das mazelas que divide a classe trabalhadora.

Adalton Gracia (PRTB) agradeceu o entendimento do Jornal Midiamax de dar espaço a todos os candidatos. “Queremos humanizar Campo Grande, temos que voltar com o terminal central da Capital. Compromisso político é feito para atender interesses e não podemos permitir isso. Queremos administrar pelas famílias, não importa se elas são ricas, pobres, japonesas, sírio-libanesas, para atender de fato Campo Grande. Como diz nosso slogan eu não tenho muito tempo, mas agradeço a oportunidade”.

O vereador Marcos Alex (PT), agradeceu ao Jornal Midiamax, à esposa e candidato a vice-prefeito Mario Fonseca. Alegou que não a população não pode permitir que os grupos de 'poderosos' fiquem se revezando no comando da cidade e pediu que a resposta venha das urnas como em 2012.

Já Aroldo Figueiró (PTN), também agradeceu ao Jornal Midiamax, e garantiu que, se eleito, vai criar subprefeituras nas sete regiões de Campo Grande e 10 gerências que vão substituir as secretarias. Pediu que a população não tenha medo, porque o PTN vai resolver os problemas da cidade, “vamos trazer a cura”.

Marquinhos Trad (PSD) agradeceu a todos que ficaram assistindo, ao Jornal Midiamax e a Deus, que o abençoou. “Quero agradecer a minha mulher que está aqui e graças a ela nosso lar está íntegro, que até no nosso lar fomos atacados. Quero agradecer a minha vice, Adriana Lopes, mulher de fé que nos acompanha. Vou ser prefeito porque me preparei paras este momento, estudei 21 anos os problemas da nossa cidade. Todas as vezes fiquei ao lado da população., Ganehri o adjetivo de independente, apelido de rebelde, mas entre o povo e o governo eu fico com o povo.

A vice-governadora Rose Modesto (PSDB) agradeceu a oportunidade dada pelo Jornal Midiamax. Elencou os feitos no governo do Estado com a Carava da Saúde, com o aumento salarial dos professores para pedir votos à população. Lembrou da experiência como vereadora por dois mandatos e como secretária da Sedhast (Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho).

Marcelo Bluma (PV) agradeceu companheiros de coligação e disse aos eleitores que escuta muito que não querem mais votar “nesta turma que está aí”. “Tenho passado para aas pessoas a receita de bolo do Bluma para você votar bem. Esquece falinha mansa. Analise a formação e historiado candidato, coerência e depois veja a panelinha que ele faz parte”.

O deputado estadual Coronel David (PSC), agradeceu a oportunidade dada ao povo para escolher aquele que melhor representa a cidade, agradeceu à esposa, à equipe. Disse que a candidatura visa atender a população. Ressaltou não estar ligado a grupos políticos, à Prefeitura ou Governo. Agradeceu, ainda, à Polícia Militar, Civil, Bombeiros e Guarda Municipal, “juntos vamos fazer verdadeira mudança.

Alcides Bernal (PP) agradeceu primeiro ao vice Ulisses Duarte, à família e pessoas da cidade. “Quero dizer que Campo Grande tem como se desenvolver e está se desenvolvendo. Falo que temos que nos desenvolver não é por vitimização, é indignação, a Justiça tem que ser feita na Capital, com uma Câmara Municipal renovada, dialogando de forma republicana, fazer governo que ouça as pessoas nos bairros e vilas. Firmamos convênio com Exército Brasileiro, que só firma convênio com instituições sérias”.

O candidato Elizeu Amarilha (PSDC) agradeceu a oportunidade de poder falar suas propostas. Disse que quer atrair os jovens, criar secretaria Municipal da Família, bem como um centro de atendimento ao idoso acima dos 60 anos. Quer garantir, ainda, alimentação, educação e amor às crianças.

Athayde Nery (PPS) agradeceu vereadores empreitada cívica, “É importante dizer que o eleitor está desencantado, desiludido, dizendo que vai votar branco e nulo. É plausível que isso aconteça diante dos exemplos nacionalmente pessoas precisam recuperar essa confiança. Silêncio dos bons incomoda, estamos passando o Brasil a limpo. Vamos mudar isso, transparência para combater a corrupção. Campo Grande de todos nós”.

O evento é transmitido em tempo real no Facebook, ao vivo no site do Midiamax, na TVE e ainda nas rádios Difusora Pantanal e Educativa FM 104.

Participam deste debate os candidatos que compareceram ou enviaram representantes ao chamamento para realização do evento. São eles, por ordem alfabética, Adalton Garcia (PRTB), Alcides Bernal (PP), Alex do PT, Aroldo Figueiró (PTN), Athayde Nery (PPS), Coronel David (PSC), Elizeu Amarilha (PSDC), Marcelo Bluma (PV), Marquinhos Trad (PSD), Rose Modesto (PSDB) e Suél Ferranti (PSTU). Ficaram de fora por não enviar representantes à reunião, Pedro Pedrossian Filho (PMB), Rosana Santos (PSOL), Flávio Arce (PCO) e Lauro Davi (PROS).

Jornal Midiamax