Política

Após anúncio de Alex, Kemp diz que recebe pressão para ser candidato do PT

'Não seria justo recolocar meu nome', diz deputado

Midiamax Publicado em 29/06/2016, às 10h31

None
Foto: André de Abreu - Correio da Fronteira

'Não seria justo recolocar meu nome', diz deputado

Mesmo após ser anunciada a pré-candidatura do vereador Alex do PT, como o nome petista para a disputa pela prefeitura de Campo Grande, o deputado estadual Pedro Kemp afirmou que está recebendo vários pedidos para representar a legenda nas eleições deste ano na Capital. De qualquer forma, ele diz respeitar a candidatura colocada do parlamentar municipal, mas que irá continuar participando das conversas internas da sigla.

Kemp ressaltou que não seria justo recolocar seu nome agora. “Eu tenho recebido bastante pressão de setores do partido, algumas corrente do PT que defendem meu nome como candidato do PT na Capital. Eu havia colocado meu nome a disposição para a disputa e depois, até por motivos pessoais, retirei, então não seria justo recolocar agora, com a gente tendo uma pré-candidatura posta”.

O parlamentar ressaltou que vai continuar acompanhando as conversas internas do partido sobre as eleições. “Em fevereiro mais ou menos, o Alex me consultou se eu seria candidato e eu disse que não e então ele colocou o dele. Por isso não acho justo voltar atrás, a não ser que haja um debate mais amplo e entendimento dentro do partido. A princípio eu não sou pré-candidato, mas quero discutir sobre qual o melhor caminho”.

O deputado relatou que o partido pode buscar montar um grupo de esquerda para estas eleições. “O PT está conversando com outros partidos para formação de uma frente de esquerda aqui em Campo Grande. Nós temos um mês ainda pela frente até as convenções. Vamos continuar conversando internamente. Existe a posição do deputado federal Zeca do PT para que o partido faça uma aliança com o PDT e todas as propostas vão ser debatidas e tomaremos uma decisão conjunta, de forma que a legenda saia unida”.

Kemp diz que ficou lisonjeado com o apelo pelo seu nome. “Eu fiquei muito lisonjeado com esse apoio que tenho recebido, mas a princípio a única pré-candidatura que está colocada é do vereador Alex. A maioria dentro da sigla defende a candidatura própria. Dessa forma, vamos continuar discutindo para ver qual a melhor opção para o PT na Capital, se é ter uma candidatura própria ou a gente formar uma frente de partidos de esquerda para uma disputa dentro de um projeto comum para Campo Grande”.

Jornal Midiamax