Política

Vereadores votam LDO nesta terça-feira durante sessão itinerante

Na AL deputados começarão a leitura do projeto

Jessica Benitez Publicado em 06/07/2015, às 16h49

None
camara.jpg

Na AL deputados começarão a leitura do projeto

Os vereadores de Campo Grande colocam a LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) 2016 em votação, em primeira discussão, amanhã durante sessão itinerante no auditório do Senac. O projeto norteará o Executivo quanto ao Orçamento do ano que vem. Dos 29 legisladores apenas 11 sugeriram 71 emendas ao texto que foi enviado à Câmara Municipal pelo prefeito de Campo Grande, Gilmar Olarte (PP), em abril. 

Entre os temas contemplados com emendas estão: educação, saúde, social, infra-estrutura, acessibilidade, educação ambiental, economia solidária, diversidade de expressão, combate à violência, segurança, dentre outros. 

O relator da matéria, Eduardo Romero (PTdoB), ressalta que a Lei Orçamentária será encaminhada à Câmara Municipal até o dia 30 de setembro e é por meio dela que o executivo vai direcionar recursos e as obras previstos para 2016 como, por exemplo, infra-estrutura e serviços.

As emendas são de autoria dos vereadores Carlão (PSB), Roberto Santana (PRB), o Betinho, Chiquinho Telles (PSD), Gilmar da Cruz (PRB), Magali Picarelli (PMDB), João Rocha (PSDB), Carla Sthepanini (PMDB), Luiza Ribeiro (PPS), Vanderlei Cabeludo (PMDB), Waldecy Nunes (PP), o Chocolate e Paulo Pedra (PDT).

Na Assembleia Legislativa os parlamentares receberam a LDO do Governo do Estado na última sexta-feira (04) e devem iniciar leitura do texto na sessão ordinária de amanhã. O intuito é debater sobre a medida e colocar as emendas em votação na próxima semana. Os deputados entram recesso no próximo dia 17 e não pode fazê-lo sem votar a lei.

Jornal Midiamax