Política

Subsecretária de MS vai ao México em convenção internacional

O evento acontece até a próxima sexta-feira (13)

Diego Alves Publicado em 09/11/2015, às 23h28

None
img_0239.jpg

O evento acontece até a próxima sexta-feira (13)

O Governo Brasileiro será representando pela subsecretária de Políticas para as Mulheres de Mato Grosso do Sul, Luciana Azambuja Roca (foto acima), em convenção internacional do Gender-Based Violence (GBV) (Violência Baseada por Gênero), que acontece a partir da próxima quarta-feira (11), na Cidade do México (México). O evento reunirá diversos representantes das Américas discutindo violência dirigida contra uma pessoa com base no sexo e identidade de gênero, socialmente definidos de masculinidade ou feminilidade.

A escolha da representante de MS para a convenção na Cidade do México se deu pelo trabalho realizado, em âmbito estadual, pela Subsecretária de Políticas para as Mulheres (SPPM), pasta ligada à Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast). “Estamos trabalhando arduamente e diariamente no combate à violência contra a mulher.

Temos a primeira Casa da Mulher Brasileira funcionando efetivamente com a delegacia 24 horas; criamos o primeiro Grupo de Trabalho do Brasil, apoiado pela ONU Mulheres, para tratar do feminicídio e ainda reestruturamos e demos melhor condições de atendimento ao Centro Especializado de Atendimento à Mulher (CEAM)”, destacou a subsecretária da SPPM.

O evento, que acontece até a próxima sexta-feira (13) já foi realizado em países do Oriente Médio, África, Ásia Central e novamente na América Latina, resultando na criação de programas locais de discussão.

GBV – A Iniciativa GBV pode ajudar as pessoas que enfrentam práticas tradicionais prejudiciais como o casamento precoce e forçado, assassinatos “de honra”, e mutilação genital feminina, bem como outras formas tais como o infanticídio feminino; abuso sexual de crianças; tráfico sexual e trabalho forçado; coerção e abuso sexual; negligência; violência doméstica de íntimo parceiro e abuso de idosos .

A rede da Iniciativa é gerida por um consórcio de organizações não-governamentais e internacionais liderados pela Vital Voices Global Partnership. Os membros do consórcio incluem a Promundo-EUA , a Organização Internacional para as Migrações, e a Regra American Bar Association.

Jornal Midiamax