Política

Ruiter deixa PT e aguarda convite de Reinaldo para disputar prefeitura

Ex-prefeito deixou PT após 11 anos

Evelin Cáceres Publicado em 19/06/2015, às 13h25

None
ruiter.jpg

Ex-prefeito deixou PT após 11 anos

Ruiter Cunha, ex-prefeito de Corumbá, distante 444 quilômetros de Campo Grande, se desfiliou nesta quinta-feira (18) do PT. Há 11 anos no partido, Ruiter disse estar insatisfeito com lideranças regionais e admitiu conversas com o PSDB para uma possível filiação e disputa pelo partido à prefeitura da cidade no ano que vem.

“Não saí porque pretendo ser candidato, mas se houver um projeto tucano podemos conversar. Eu deixei o PT porque estou insatisfeito. Não só com as eleições do ano passado, mas há tempos sinto um esfriamento, distanciamento com as pessoas que lideram o PT e a gente acaba não se sentindo mais útil na legenda”.

Ruiter oficializou a saída ontem no TRE (Tribunal Regional Eleitoral) e diz aguardar a reforma política para se filiar. Como é primeiro suplente do partido na Assembleia, Ruiter diz não temer perder o cargo. “Isso só aconteceria se o PT pedisse o cargo, mas para isso eu teria que assumir. Caso seja aprovada a janela para troca de partido, isso não acontecerá”.

Sobre ser o candidato do PSDB para disputar as eleições como candidato a prefeito em Corumbá, Ruiter não negou a possibilidade. “Se estamos na política e se eu for convidado, isso pode acontecer. O PSDB tem o líder do Estado, o governador, então tem condições de firmar uma candidatura. Mas para isso é preciso estar junto em um projeto e o PSDB não fala de candidatura. Aguardo uma conversa com o partido, não há nada definido”. 

Jornal Midiamax