Política

Redução da tarifa de ônibus com queda do preço do diesel divide vereadores

Vereadores vão pedir estudo

Midiamax Publicado em 06/07/2015, às 12h38

None
camara.jpg

Vereadores vão pedir estudo

Os vereadores ainda não sabem bem o que fazer diante da redução da alíquota do diesel, aprovada por Reinaldo Azambuja (PSDB) para que o preço do combustível reduza para os consumidores. Indagados pela reportagem se vão pedir redução do valor da tarifa, visto que a despesa com diesel está na tabela de cálculo do valor da passagem, vereadores se mostraram divididos.

O líder do prefeito Gilmar Olarte (PP), Edil Albuquerque (PMDB), entende que não é desta forma que se analisa a situação. Na avaliação dele, a redução do custo só vai ser apurada no futuro, visto que a economia não é imediata e só vai ser computada para o próximo cálculo da tarifa. “Quando for calcular a gente vai saber se teve deflação ou inflação”, analisou.

O vereador Airton Saraiva (DEM) defende um novo cálculo para saber se as empresas vão economizar com a redução. Todavia, pondera que a medida do governo é de apenas seis meses. “Temos que ver se vai se sustentar para depois a gente saber se teve economia ou não e se é possível reduzir a tarifa”, opinou.

O vereador Paulo Siufi (PMDB) admite que não tinha pensado nisso, mas promete fazer uma apuração por meio  da Comissão de Indústria e Comércio da Câmara. Ele discorda do vereador Edil Albuquerque, por entender que é possível fazer a redução independentemente do que foi definido na última planilha. “Se for algo palpável, pode reduzir agora. Não é intocável. Nada impede um estudo para avaliar. Eu vou propor isso”, garantiu.

O vereador Otávio Trad (PTdoB) avalia que é possível colocar em pauta principalmente por conta da crise financeira que o País vive. “No meio de tanto imposto que a gente vem pagando, qualquer corte, da própria carne do governo. É válido, ainda mais no momento difícil em que tudo está aumentando. Vamos discutir esta semana”, prometeu.

O vereador Paulo Pedra (PDT) disse que vai solicitar a redução da passagem e pedir um regime especial do Governo do Estado na cobrança do diesel para as empresas de ônibus, o que também pode reduzir o preço da passagem.   

Jornal Midiamax