Política

PTB se reúne na próxima sexta sob comando do Trad que deixou PMDB

Irmãos podem se enfrentar nas urnas em 2016

Jessica Benitez Publicado em 30/09/2015, às 17h57

None
nelsinho_trad-gerson_walber_0.jpg

Irmãos podem se enfrentar nas urnas em 2016

Para traçar planos às eleições do ano que vem o PTB se reunirá na próxima sexta-feira (02) com a presença da presidente nacional, Cristiane Brasil, bem como com outros integrantes da comissão executiva nacional. O diretório regional foi entregue ao ex-prefeito de Campo Grande, Nelson Trad Filho, no final de agosto.

Ele deixou o PMDB sob justificativa de ter sido ‘desmerecido’ pela antiga casa durante o pleito de 2014, quando tentou ser sucessor do ex-governador do Estado, André Puccinelli (PMDB).

Caso o nome de Nelsinho seja colocado para disputar a Prefeitura de Campo Grande em 2016, pode ser o início do confronto da família Trad, uma vez que o deputado estadual Marquinhos Trad (PMDB) pretende lançar candidatura independente da sigla que estiver filiado.

Assim como o irmão o parlamentar também pretende deixar a cúpula peemedebista. O destino mais próximo é o PSD que já disse com todas as letras que ele é o postulante ao cargo. Além disso, o PTB quer aumentar bancada no próximo mandato, tanto que Nelsinho tem vsitado municípios do interior do Estado para afinar discurso e viabilizar mais candidaturas .

Hoje somente o vereador Edson Shimabukuro o representa na Câmara Municipal da Capital. O legislador, inclusive, está entre os que podem ser afastados da Casa de Leis devido a Operação Coffee Break, responsável por investigar possível compra de votos na cassação do prefeito da cidade, Alcides Bernal (PP), em março do ano passado.

Jornal Midiamax