Política

Projeto obriga CCR MS Via a informar direitos dos motoristas na BR-163

Empresa tem a concessão da BR-163

Midiamax Publicado em 09/07/2015, às 10h38

None
assembleia.jpg

Empresa tem a concessão da BR-163

A Concessionária CCR MS Via, responsável pela duplicação da BR-163, terá que divulgar informações a respeito dos direitos dos motoristas que trafegam pela rodovia. Isto se o projeto neste sentido, apresentado na quarta-feira, na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, for aprovado.

De acordo com a proposta, qualquer concessionária que assumir as rodovias deve informar, por meio de cartazes nas praças de pedágios, cartilhas distribuídas semestralmente aos usuários, mensagem nos veículos de comunicação e na internet, os direitos que os motoristas têm.

No projeto original da CCR na 163, consta a construção de 62 trevos, 54 retornos em nível, 16 passarelas e  35,3 quilômetros de vias marginais, além da duplicação de pouco mais de 800 quilômetros da rodovia. Os investimentos nos cinco primeiros anos da concessão devem chegar a R$ 3,5 bilhões.

No entanto, a Prefeitura de Campo Grande solicitou que mais vai aumentar o número de travessias no projeto de duplicação do macroanel rodoviário.

Segundo a autora do projeto, a deputada estadual Mara Caseiro (PTdoB), com a breve cobrança de pedágio na rodovia há a necessidade de disponibilizar e divulgar amplamente as cobranças e demais informações. 

Jornal Midiamax