Política

Presidente diz que PMDB já vê Marquinhos como ‘assunto encerrado’

Pré-candidato, deputado deve deixar o partido

Midiamax Publicado em 05/11/2015, às 14h02

None
mochi_0411_400x300_alms.jpg

Pré-candidato, deputado deve deixar o partido

O deputado estadual Junior Mochi (PMDB), presidente do partido em Mato Grosso do Sul, deu por encerrada discussão sobre a relação entre a legenda e o colega de bancada Marquinhos Trad. “A partir de agora começamos a pensar em outros nomes”, disse o líder peemedebista, na manhã desta quinta-feira (5).

Pré-candidato a prefeito de Campo Grande, Marquinhos tem reiterado a intenção de deixar o PMDB. Em reunião na terça-feira, segundo o próprio, pediu a Mochi e ao ex-governador André Puccinelli documento oficializando que o partido não pretende requerer seu mandato na Assembleia Legislativa.

“Vamos fazer uma reunião com a executiva, até então não vemos problema em fazer isso”, diz Mochi sobre o pedido de Marquinhos. “Isso não garante que um suplente venha a tentar. Mas, para nós, o assunto está encerrado”, complementa o presidente regional.

Oficialmente, o PMDB a partir de agora focará em outras possibilidades para a disputa municipal ano que vem em Campo Grande. “Temos tempo para trabalhar, até março para definir quem será o candidato”, finaliza Mochi.

Jornal Midiamax