Política

Prefeitura e Sesau entram na mira do Ministério Público

Investigações estão no Diário Oficial do MPE 

Ludyney Moura Publicado em 13/04/2015, às 18h06

None
ubs_-_whatasapp.jpg

Investigações estão no Diário Oficial do MPE 

Denúncias levaram duas promotorias de justiça de Campo Grande, a instaurar inquéritos para investigar supostas irregularidades cometidas pela administração municipal.

A primeira delas ainda não tem um alvo principal, e está sendo levado à cabo pela 29ª Promotoria de Justiça do Patrimônio Público e Social da Comarca de Campo Grande, e visa apurar ‘eventual irregularidade na contratação, pela Administração Municipal, da empresa Paes & Cia Ltda., para a prestação de serviço de limpeza viária e irregularidade na remuneração dos trabalhadores responsáveis pela limpeza das ruas’.

Outros dois inquéritos têm a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) como alvo das investigações. O MPE (Ministério Público Estadual), por meio da 32ª Promotoria de Justiça de Saúde Pública da Capital, quer saber sobre a situação de dois postos de saúde de Campo Grande.

Os dois inquéritos visam a fiscalização, por parte da Sesau, das UBSF’s (Unidades Básicas de Saúde da Família) dos Bairros Serradinho e Tarumã, ‘com vistas a apurar a falta de profissionais para compor as equipes, baixa capacidade potencial dos profissionais médicos, falta de equipamentos da atenção básica’.

As três publicações estão no Diário Oficial do MPE desta segunda-feira (13). 

Jornal Midiamax