Política

Prefeito ‘atravessa’ vereadores, doa terreno e é criticado na Câmara

Ato teria sido feito sem aprovação prévia da Câmara

Midiamax Publicado em 14/04/2015, às 14h53

None
olarte_truck.jpg

Ato teria sido feito sem aprovação prévia da Câmara

O prefeito de Campo Grande, Gilmar Olarte (PP), foi criticado por vereadores durante a sessão desta terça-feira (14) na Câmara Municipal. No domingo (12), ele assinou protocolo de doação de área para um sindicato sem aprovação prévia dos parlamentares, quebrando o rito legal e, na visão deles, expondo o Legislativo desnecessariamente.

Até o presidente da casa, Mario Cesar (PMDB), reclamou do ato de Olarte. “O prefeito foi lá e fez o protocolo, deixando a Câmara em situação de vulnerabilidade, não sabemos o teor do projeto e nem a contrapartida que vai ser dada pelo sindicato. Parece que a Câmara está pacífica a tudo, é um desrespeito no que tange ao direito de cada vereador”, discursou.

O protocolo prevê a doação de uma área de 1,5 mil metros quadrados, no Bairro Chácara Cachoeira, região nobre de Campo Grande, ao Setlog (Sindicato das Empresas de Transporte de Cargas e Logística). Foi assinado pelo prefeito durante a realização da etapa da Fórmula Truck na Capital.

“Todo mês o prefeito faz uma lambança. A deste mês foi essa”, disse Paulo Pedra (PDT). Segundo ele, Olarte “não tem respeito pela liturgia do poder e nem com o bem público”, emendando que toda a crise enfrentada pelo pepista é criada por ele próprio.

Para Carla Stephanini (PMDB), não está em discussão a importância do sindicato ou a doação da área em si, mas sim a forma de condução por parte do chefe do Executivo. “O caminho correto seria a Câmara aprovar primeiro. A casa não está se negando a atuar, mas o prefeito acaba expondo a Câmara antes de ela se manifestar e votar”, sintetiza.

Segundo Mario Cesar, o prefeito havia telefonado para ele na semana anterior para comunicar que enviaria o projeto. No entanto, completa, a matéria não chegou à casa e, mesmo assim, o protocolo foi assinado.

Jornal Midiamax