Política

Polícia transfere Giroto ao Garras após cumprir nove mandados de prisão

João Amorim segue preso na Denar

Midiamax Publicado em 10/11/2015, às 14h26

None
denar_viatura_amorim_400x300_cg.jpg

João Amorim segue preso na Denar

O ex-deputado federal Edson Giroto (PR) já foi transferido da Denar para o Garras, após ser preso nesta terça-feira (10). Ao todo, a Polícia Civil cumpriu nove mandados de prisão desde as primeiras horas do dia, atendendo ordem judicial concedida à força-tarefa do MPE (Ministério Público Estadual) decorrente da Operação Lama Asfáltica, sobre suposto esquema de desvio de dinheiro público.

Além de Giroto, o empresário João Amorim, dono da Proteco Construções, também foi preso e levado à Denar, onde permanece até o fechamento deste texto. O ex-deputado federal e ex-secretário estadual de Obras foi transferido ao Garras após ser submetido a exame de corpo de delito.

Os outro sete que tiveram prisões temporárias decretadas são: Átila Garcia Gomes Tiago de Souza, Elza Cristina Araújo dos Santos,  Maria Wilma Casanova Rosa, Maxwell Thomé Gomez, Rômulo Tadeu Menossi, Wilson Cabral Tavares e Wilson Roberto Mariano de Oliveira.

Em nota, a Polícia Civil confirma ter cumprido os 9 mandados. O diretor-geral de Polícia Civil, Roberval Rodrigues, é esperado no Garras, onde deverá falar sobre as prisões.

Jornal Midiamax