Política

Governadores do Codesul querem encontro para cobrar Dilma

Audiência ainda não foi marcada

Jessica Benitez Publicado em 07/10/2015, às 18h25

None
ok_codesul_foto_oralando_kissner_07102015_002-850x534.jpg

Audiência ainda não foi marcada

Em reunião feita na manhã desta quarta-feira (7) os governador no Codesul (Conselho de Desenvolvimento do Sul) decidiram pedir reunião com a presidente da República, Dilma Rousseff (PT), para discutir o alongamento do prazo de pagamento das dívidas dos Estados junto ao BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) e com a União, bem como a antecipação da alteração do indexador e dos juros das dívidas dos Estados e municípios com a União .

O grupo, composto pelos governadores de Mato Grosso do Sul, Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina, Reinaldo Azambuja (PSDB), Beto Richa (PSDB), José Ivo Sartori (PMDB) e Raimundo Colombo (PSD), respectivamente, se reuniu em Curitiba justamente para pautar temas em comum aos Estados para serem debatidos com a presidente.

“Uma Federação tem que tratar os Estados todos iguais, ter o mesmo tratamento com o Codesul no pagamento da dívida com a União que outros Estados possuem. Nós temos desembolsos diferentes”, frisou Azambuja.

Além disso, os chefes dos Executivos devem incluir na pauta a transferência pela União do auxilio financeiro dos Estados exportadores relativos a 2015, regulamentação das compensações da Lei Kandir, ampliação do prazo de pagamento de precatórios, repasses federais (inclusive do SUS), desvinculação constitucional da receita de Estado e municípios e liberação das operações de crédito.

Jornal Midiamax