Política

Ex-secretário municipal falta a depoimento de julgamento de Olarte

O desembargador então anunciou condução coercitiva 

Diego Alves Publicado em 27/11/2015, às 23h17

None
img_0704_rodrigo.jpg

O desembargador então anunciou condução coercitiva 

Rodrigo Pimentel, ex-secretário municipal de Governo da Capital no mandato de Gilmar Olarte faltou ao depoimento nesta sexta-feira (27) no TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul).

A oitiva é realizada pelo desembargador Luiz Cláudio Bonassini em ação que Gilmar Olarte, Ronan Feitosa e Luiz Márcio Feliciano são réus. Os três são acusados de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

O desembargador então anunciou condução coercitiva para que Pimentel deponha no dia 22 de janeiro e aplicou multa de meio salário mínimo ao ex-secretário. A vice-governadora Rose Modesto também irá depor no mesmo dia. Quem também irá depor no dia 22 de janeiro será Fabrício Pereira, Sônia Regina Arraes e Ricardo Freitas Carrelo.

Jornal Midiamax