Política

Ex-BBB Priscila nega nomeação em gabinete de deputado, mas admite cargo

Priscila não desmente planos na política

Evelin Cáceres Publicado em 23/11/2015, às 14h31

None
bbb.jpg

Priscila não desmente planos na política

A ex-BBB Priscila Pires (PTdoB) desmentiu nesta segunda-feira (23) rumores de que seria nomeada no gabinete do deputado estadual Márcio Fernandes, do mesmo partido dela. No gabinete, apesar de recentes exonerações aumentarem as especulações, a informação oficial é de que não procede a nomeação. Mesmo assim, a ex-BBB deixou escapar que pode ocupar cargo público em breve sem esclarecer se seria por nomeação.

"Não foi do Márcio Fernandes… Nem sei se ainda posso falar sobre isso… Preciso consultar as pessoas, entendeu? Estamos fazendo tudo fase por fase… a parte política ainda não fui liberada. Mas não é do Márcio, isso eu posso falar. E não é deputado também. Você vai ter que pesquisar mais. Vou saber direitinho, conversar com as pessoas, ver se vale a pena soltar isso agora", disse Priscila à reportagem do Jornal Midiamax.

No entanto, Priscila admite que tem planos políticos em Mato Grosso do Sul. Em agosto de 2011, a ex-BBB assinou uma ficha de filiação ao PTdoB, após reunião com o ex-governador André Puccinelli. Na ocasião, a famosa chegou a se anunciar como pré-candidata a vereadora em Campo Grande.

Priscila, que é campo-grandense, morou de 2009 até o início deste ano no Rio de Janeiro (RJ), quando ganhou fama ao participar do BBB (Big Brother Brasil). Na época, o então presidente do diretório regional do PTdoB, Morivaldo de Oliveira, disse que era interessante para o partido ter como pré-candidata uma pessoa “conhecida”. Ainda segundo ele, é importante também pela carência de mulheres na política.

Candidatos de apelo popular, como o repórter Celso Russomano (PRB) e o palhaço Tiririca, deputados federais mais votados do Brasil, com 1.524.361 e 1.016.796 votos, respectivamente, têm sido usados pelas legendas para impulsionar a eleição de candidatos menos expressivos. Foi assim que, em 2014, Russomanno e Tiririca ajudaram a eleger sete candidatos que não conseguiriam votos para serem eleitos sem o sistema de quociente eleitoral.

A ficha de filiação da ex-BBB no partido foi abonada pelo deputado estadual Marcio Fernandes no mesmo dia daquele ano. (Colaboraram Mikaele Teodoro e Mayara Bueno)

Jornal Midiamax