Política

Chadid diz que está conversando até com ex-partido pelo bem de Campo Grande

Vereador foi expulso do PSDB por infidelidade partidária ao assumir secretaria de Bernal

Midiamax Publicado em 01/01/2015, às 18h28

None
img-20150101-wa0047.jpg

Vereador foi expulso do PSDB por infidelidade partidária ao assumir secretaria de Bernal

José Chadid (sem partido) tomou posse como vereador de Campo Grande nesta quinta-feira (1º) e disse estar conversando com todos os partidos, inclusive com PSDB, de onde foi expulso por infidelidade partidária em 2013. Ele assume a cadeira da Professora Rose (PSDB), eleita vice-governadora.

“Tudo é possível, até uma reconciliação”, afirmou Chadid. O ex-tucano foi expulso do partido quando assumiu a Secretaria Municipal de Educação por indicação pessoal do ex-prefeito Alcides Bernal (PP). O partido que apoiou o progressista no segundo turno em 2012, deixou a base aliada por falta de diálogo.

O PSDB chegou a falar em acionar a Justiça se Chadid tomasse posse. Mas a questão parece ter sido superada. “Já foi superado a questão eleitoral”, pontuou.

Chadid afirmou que vai priorizar as áreas da Educação, Social e Saúde. Sobre compor a base aliada, o vereador prefere aguardar definição de partido para decidir. “Não podemos ser precipitados. Vou decidir sem pressa sobre integrar base”, finalizou.

Jornal Midiamax