Política

Bernal diz que vai denunciar ex-assessor de Olarte por informações privilegiadas

Declarações no Facebook preocuparam Prefeito

Midiamax Publicado em 26/11/2015, às 15h24

None
20151126_105721.jpg

Declarações no Facebook preocuparam Prefeito

O prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), diz que vai denunciar Eliezer Davi de Medeiros, ex-assessor de comunicação do o vice-prefeito afastado das funções publicas da Capital, Gilmar Olarte (PP), por “informações privilegiadas”.

Na noite dessa terça-feira (24), o ex-assessor de Olarte publicou em sua página pessoal no Facebook sobre uma reunião que seria convocada, na quarta-feira (25), pelo vereador Flávio César (PT do B), a fim de discutir o futuro da mesa diretora da Casa de Leis.

Ainda na publicação, o ex-assessor sugere que vereador João Rocha (PSDB) seria escolhido para ocupar o cargo de presidente da Câmara e que nesta quinta-feira (26) seu nome seria indicado.

Nesta manhã, Fávio César disse que apoia o vereador para presidir a Casa de Leis. Uma sessão extraordinária será realizada na sexta-feira (27) para eleger o novo presidente da Câmara.

“Vou ao Ministério Público Estadual, Tribunal de Justiça e na Polícia. Quero lembrar que a voz deste mesmo assessor foi ouvida em escutas criminosas”, frisa o chefe do Executivo municipal. Bernal não informou quando fará a denúncia.

O ex-assessor de Olarte disse ainda que  desembargadora Tania Garcia decidiria pela anulação do julgamento que invalidou a decisão da Câmara sobre a cassação de Bernal.

Confira a publicação na íntegra:

Bem galera… a ultima do dia porque eu vou pra caminhada…

Como eu sei que não serei convidado para trabalhar com o prefeito Alcides Bernal e nem serei lembrado pelo prefeito afastado, Gilmar Olarte, vou dar a minha de oráculo da barranca de Porto Esperança, distrito de Corumbá, onde sou conhecido como "O Bugre do Barranco".

Amanhã, quarta feira, o presidente interino da Câmara Municipal da Capital, vereador Flávio Cesar, deverá convocar nova eleição para eleger a nova mesa diretora da Casa de Leis, e no meu entender, o eleito será o vereador João Rocha, tendo o vereador Flávio Cesar como vice-presidente.

Na quinta feira, a Desembargadora Tania Garcia, na minha modesta opinião, deve decidir pela anulação do julgamento que invalidou a decisão da Câmara de cassar Alcides Bernal. Com isso, Bernal é afastado do cargo e assume o novo presidente do legislativo como prefeito e Flávio Cesar, volta a ser presidente da instituição. Agora, eu vou caminhar”. 

Jornal Midiamax