Política

Advogado de Alceu Bueno confia na absolvição do ex-vereador

“Satisfação sexual não é exploração”

Evelin Cáceres Publicado em 29/04/2015, às 13h01

None
abadio.jpg

“Satisfação sexual não é exploração”

Um dos advogados do ex-vereador Alceu Bueno, Abadio Rezende, disparou contra o delegado Paulo Sérgio Lauretto ao dizer que ele “é desonesto e não é verdadeiro” nesta quarta-feira (29). De acordo com o advogado, seu cliente deve ser absolvido das denúncias. 

Rezende afirma que Bueno não admite ter mantido relações sexuais com as adolescentes, mas se ele for indiciado pelo crime, prepara a defesa. “Ele não teve relações, mas de qualquer forma, satisfação sexual não pode ser confundida com exploração”. 

Segundo o advogado, as meninas se identificam no Facebook como maiores de 18 anos, uma delas tem um filho e uma suposta terceira mulher faria 21 anos em julho. “O delegado sabe disso, porque isso ele não divulga para a mídia?”. Para Rezende, já é entendimento em vários tribunais que meninas em idade sexual ativa e com filhos não podem ser vítimas.

“Ele foi vítima de um golpe. Para Guilherme de Souza Nunes isso não é exploração sexual e vai ser devidamente esclarecido em juízo. Quem tomou a iniciativa de denunciar foi o vereador (Alceu Bueno), ele é vítima de uma extorsão. O delegado é desonesto e não é verdadeiro, quer colocá-lo em situação mais difícil do que ele está”. 

Jornal Midiamax