Política

Vereador alerta para possível conflito com mortes entre Kadiwéus e produtores em MS

O vereador Edinho Carvalho (PT do B) da cidade de Bodoquena (260 km de Campo Grande), entrou em contato com a reportagem fazendo alerta de um possível conflito com derramamento de sangue, entre fazendeiros e índios Kadiwéus, na região de Morraria do Sul na cidade de Bodoquena (260 km de Campo Grande). De acordo com […]

Arquivo Publicado em 08/01/2014, às 21h18

None

O vereador Edinho Carvalho (PT do B) da cidade de Bodoquena (260 km de Campo Grande), entrou em contato com a reportagem fazendo alerta de um possível conflito com derramamento de sangue, entre fazendeiros e índios Kadiwéus, na região de Morraria do Sul na cidade de Bodoquena (260 km de Campo Grande).

De acordo com o legislador, existe previsão de um conflito entre pequenos produtores e índios Kadiwéus. A reserva Kadiwéu fica no município de Porto Murtinho que faz divisa com Bodoquena na região de Morraria do Sul.

Ainda segundo Edinho, os índios reivindicam mais áreas e pretendem invadir pequenas propriedades alegando que existe uma orientação de Brasília (DF), de uma suposta medição feita em 1982, na qual estas propriedades são oriundas do Governo Federal no programa de reforma agrária em meados dos anos 80.

De acordo com ele, novas invasões podem acontecer no próximo dia 10 e os produtores estariam se preparando para resistir e pode haver até mortes no local. Um produtor rural de 47 anos, que tem uma propriedade na região chegou a fazer um boletim de ocorrência por preservação de direito.

Jornal Midiamax