Política

Bernal faz designação de 118 servidores comissionados com adicionais de até 150%

Os funcionários foram demitidos nos cargos com nomenclatura anterior, com salários-base de até R$ 8.494,39, e foram designados no mesmo dia para funções que não tiveram os salários divulgados no Diário Oficial desta quinta.

Arquivo Publicado em 27/02/2014, às 19h27

None

Os funcionários foram demitidos nos cargos com nomenclatura anterior, com salários-base de até R$ 8.494,39, e foram designados no mesmo dia para funções que não tiveram os salários divulgados no Diário Oficial desta quinta.

Na edição desta quinta-feira (27) do Diário Oficial de Campo Grande o prefeito Alcides Bernal agraciou 118 funcionários com designação nas chamadas “funções de confiança”, que garantem adicionais de até 150% no valor dos salários-base. Os mesmos 118 tiveram a exoneração em cargos de comissão publicadas.

Os servidores recebiam pelos símbolos DCA-1 a DCA-9, em cargos de assessoramento na prefeitura. Segundo a tabela divulgada pelo Serviço de Informação ao Cidadão, disponível neste link no site da prefeitura, os salários variam de R$ 4.719,11 a R$ 678,95, fora os adicionais de 80% para todos.

Agora, os assessores receberão por símbolos que vão do F-1 ao F-9, mas a tabela com o valor do salário que o símbolo representa é mantida sem divulgação.

Na nova nomenclatura, cada salário terá gratificação com porcentagens diferentes, que variam de 150% a 40%. Servidores que recebem pelo mesmo símbolo podem ter percentual de gratificação diferente.

Quanto aos salários antigos, quem recebia pelo DCA-1 poderia receber até R$ 8.494,39 com os 80% de gratificação. Pelo DCA-2, o salário chegava a R$ 6.795,52, DCA-3 R$ 5.364,72, DCA-4 R$3.338,01, DCA-5 R$ 2.929,80, DCA-6 R$ 2.730,65, DCA-7 R$ 2.371,77, DCA-8 R$ 1.836,46, DCA-9 R$ 1.222,11.

De acordo com a publicação, os servidores são das secretarias de Governo e Relações Institucionais, Administração, Receita, Planejamento, Desenvolvimento Econômico, Meio Ambiente, Infraestrutura, Saúde, Procuradoria, Habitação, Planejamento Urbano, Trânsito, Esporte, Previdência e Cultura.

Jornal Midiamax