Política

Edil diz que Bernal tem que se preocupar com comissão e não com expulsão de vereador

O vereador Edil Albuquerque (PMDB) rechaçou a prioridade dada ao prefeito Alcides Bernal (PP) a expulsão do vereador Waldecy Chocolate (PP). Na avaliação de Edil, Bernal deveria estar preocupado com as resposta que terá que dar a comissão processante instalada para investigá-lo. “É hora dele analisar a papelada que está indo para lá agora. Ele, […]

Arquivo Publicado em 22/10/2013, às 11h50

None
1431110432.jpg

O vereador Edil Albuquerque (PMDB) rechaçou a prioridade dada ao prefeito Alcides Bernal (PP) a expulsão do vereador Waldecy Chocolate (PP). Na avaliação de Edil, Bernal deveria estar preocupado com as resposta que terá que dar a comissão processante instalada para investigá-lo.

“É hora dele analisar a papelada que está indo para lá agora. Ele, enquanto prefeito, tem outras coisas para se preocupar. Não deveria ter este tipo de atitude, principalmente com uma pessoa ligada a ele, que ajudou a elegê-lo, serviu de motorista e foi braço direito”, criticou.

Edil avalia a postura do prefeito como desagradável, justificando que não consegue entender qual a ideia. “O Chocolate ainda está em tempo de mudar de partido e acho que está na hora de começar a conversar. Mas, se o Bernal não precisasse dele, não teria exonerado a esposa dele e depois recontratado”, analisou.

Na manhã desta segunda-feira (21) o vereador Waldecy Chocolate foi informado que o PP pode expulsá-lo por infidelidade partidária, depois que ele votou a favor da abertura de uma comissão processante para investigar Bernal.

Jornal Midiamax