Política

“Não tenho muita vaidade, quero servir ao PT”, diz Zeca ao lançar pré-candidatura como vereador

Durante o ato que reuniu dezenas de militantes do PT na noite desta quinta-feira (19) em Campo Grande, o ex-governador Zeca do PT anunciou oficialmente sua candidatura como vereador para disputar as eleições deste ano. “Não tenho muita vaidade, eu quero servir ao PT”, disse. Para ele, o anúncio faz parte de um projeto estratégico […]

Arquivo Publicado em 20/04/2012, às 00h25

None

Durante o ato que reuniu dezenas de militantes do PT na noite desta quinta-feira (19) em Campo Grande, o ex-governador Zeca do PT anunciou oficialmente sua candidatura como vereador para disputar as eleições deste ano. “Não tenho muita vaidade, eu quero servir ao PT”, disse.


Para ele, o anúncio faz parte de um projeto estratégico do PT que passa pelas eleições de 2012 e termina em 2014, quando o senador Delcídio do Amaral (PT) deve ser lançado como candidato ao Governo do Estado.


“Devo muito ao Vander e ao PT que me fizeram sair de Porto Murtinho e me fizeram chegar duas vezes ao Governo do Estado. O Vander é meu amigo desde criança, meu companheiro de lutas históricas”, declarou.


Sem prejuízos


Zeca do PT enumerou casos pelo País de candidatos a cargos mais disputados que atualmente competem pela cadeira de vereador em seus municípios. “Coloque aí na lista a ex-senadora do PSOL que agora disputa como vereadora em Maceió, o César Maia e Valdir Pires, Ministro de Estado do governo Lula que agora é candidato a vereador na Bahia. Sem vaidade, sem outras grandes pretensões me coloco à disposição do PT”.


Quanto à possibilidade de caso ganhar para vereador e ter que deixar o cargo em 2014 para disputar como senador pelo partido, Zeca ponderou. “O cargo de senador no PT  é disponibilizado historicamente para negociação com outros partidos, mas já me coloquei à disposição para ser senador em 2014 e Delcídio sabe disso”, disparou.


Motivados


O candidato do PT para prefeito em Campo Grande, Vander Loubet, reforçou que a candidatura de Zeca fortalece e muito o PT. “Nossa chapa fica motivada e este apoio nos dá segurança e traquilidade. É um gesto de compromisso com o projeto político, além do desprendimento. Um gesto de humildade. Nas redes sociais a movimentação da militância reforça minha candidatura como prefeito, assim como a bancada de vereadores”.


Sobre alianças políticas, Vander diz que está dialogando com PC do B, PSB, PSL e outros. “Mas quanto mais candidatos, melhor. A pulverização é a arma do  PT e estamos trabalhando para ir para o segundo turno. Como todos farão campanha de oposição, vão nos dar apoio na próxima etapa de votação e temos chances sim”, alegou.

Jornal Midiamax