Política

Athayde classifica como ‘estapafúrdio’ processo de Puccinelli contra Midiamax

Candidato a vice do deputado federal Reinaldo Azambuja (PMDB), o vereador Athayde Nery (PPS) considerou “estapafúrdio” o processo do governador André Puccinelli (PMDB) contra o jornal Midiamax por publicação de vídeo, que mostra a coação de servidores para votar nos candidatos governistas na eleição em Campo Grande. “Diante do flagra do vídeo, não há como […]

Arquivo Publicado em 24/08/2012, às 16h52

None
684696869.jpg

Candidato a vice do deputado federal Reinaldo Azambuja (PMDB), o vereador Athayde Nery (PPS) considerou “estapafúrdio” o processo do governador André Puccinelli (PMDB) contra o jornal Midiamax por publicação de vídeo, que mostra a coação de servidores para votar nos candidatos governistas na eleição em Campo Grande.


“Diante do flagra do vídeo, não há como esconder o constrangimento que o governador aplicou nos servidores, agredindo o artigo 300 da Constituição Federal”, explicou. Ele ainda incluiu o crime de abuso de poder. “Ele usou o cargo para favorecer seus candidatos a prefeito e a vereador”, emendou. “E para piorar o constrangimento foi em público”, prosseguiu.


Presidente regional do PMN, Ritva Vieira revelou ainda que a coação chegou a cidadãos comuns. “No Bairro Tarsila do Amaral estão ameaçando tirar as moradias populares de quem não votar nos candidatos do governo”, denunciou.  

Jornal Midiamax