Política

PMDB deve indicar substituto de Edil em reunião extraordinária

O prefeito de Campo Grande, Nelsinho Trad, do PMDB, disse nesta manhã que vai insistir na candidatura do vice-prefeito, Edil Albuquerque, como o primeiro suplente do concorrente ao Senado Murilo Zauith, do DEM, na coligação “Amor, Trabalho e Fé”, do governador André Puccinelli. Mas, segundo o prefeito, caso não consiga demover a ideia de Edil, […]

Arquivo Publicado em 13/09/2010, às 13h34

None

O prefeito de Campo Grande, Nelsinho Trad, do PMDB, disse nesta manhã que vai insistir na candidatura do vice-prefeito, Edil Albuquerque, como o primeiro suplente do concorrente ao Senado Murilo Zauith, do DEM, na coligação “Amor, Trabalho e Fé”, do governador André Puccinelli. Mas, segundo o prefeito, caso não consiga demover a ideia de Edil, que já anunciou a desistência, o partido vai se reunir para indicar um outro nome.

Edil Albuquerque deixou a candidatura por discordar do modo como Puccienelli tem conduzido a campanha. Para ele, o governador tem apoiado apenas um candidato, esquecendo-se de Murilo.

“Vou fazer um último apelo, ainda acredito que ele [Edil] volte atrás”, aposta Nelsinho. Agora, se a intenção frustrar, o prefeito disse que o partido vai promover uma audiência para apontar o suplente de Murilo.

Já Edil Albuquerque disse que seu propósito é pela desistência e isso não deve mudar daqui para frente.

Jornal Midiamax