Política

Com 42 emendas, vereadores aprovam orçamento acima de R$ 2 bilhões

Os vereadores da Câmara Municipal de Campo Grande aprovaram na sessão ordinária desta quarta-feira (15), em segunda discussão e votação, a peça orçamentária de 2011, ultrapassando a barreira dos R$ 2 bilhões. Em Plenário, os parlamentares aprovaram em segundo turno de discussão o Projeto de Lei nº 6.913/10, de autoria do Poder Executivo Municipal, que […]

Arquivo Publicado em 15/12/2010, às 16h04

None

Os vereadores da Câmara Municipal de Campo Grande aprovaram na sessão ordinária desta quarta-feira (15), em segunda discussão e votação, a peça orçamentária de 2011, ultrapassando a barreira dos R$ 2 bilhões.

Em Plenário, os parlamentares aprovaram em segundo turno de discussão o Projeto de Lei nº 6.913/10, de autoria do Poder Executivo Municipal, que estima a receita e fixa a despesa do município de Campo Grande para o exercício financeiro de 2011. A proposta segue agora para sanção do Prefeito Nelson Trad Filho.

O Orçamento para o ano que vem avaliado em R$ 2.046.397.000,00 (dois bilhões, 46 milhões e 297 mil) destinados para investimentos em Campo Grande.

O Orçamento para 2011 recebeu um incremento de 16,85% em relação ao Orçamento do ano passado, calculado em R$ 1.751.215.000,00 (um bilhão, setecentos e cinqüenta e um milhões e duzentos e quinze mil).

O relator do Orçamento, o vereador Mario Cesar (PPS) – presidente da Comissão Permanente de Finanças e Orçamento – destacou que foram apresentadas 1074 emendas, sendo que apenas 42 delas foram contempladas no Orçamento.

Todos os vereadores tiveram emendas acrescentadas ao Orçamento, sendo que cada um dos 21 parlamentares teve direito a duas emendas.

Comparativo de Orçamentos

O vereador Mario César apresentou um comparativo dos orçamentos de 2010 e 2011, com os investimentos nas áreas da Saúde, Educação, Assistência Social e Habitação.

Segundo dados do relator, em 2010 foram investidos R$ 359.610.000,00 na área de Educação, representando 25% do orçamento total do município, sendo que em 2011 o investimento previsto é de R$ 399.218.000,00, o equivalente a 25,07%, um aumento de 0,07% com relação ao Orçamento anterior.

Na área da saúde foram investidos em 2010 R$ 560.631.000,00, o equivalente a 26,98% do valor total do orçamento, enquanto que em 2011 o investimento previsto é de R$ 646.696.000,00, um índice de 25,15%.

Já na área de Assistência Social e Habitação foram destinados em 2010 R$ 390.544.000,00, valor implementado para R$ 469.546.000,00 em 2011.

Jornal Midiamax