Política

Governador atribui atraso de licença à manobra do PMDB e PSDB

O governador José Orcírio Miranda dos Santos, o Zeca do PT, atribui “à manobra política do PMDB e do PSDB” o atraso na liberação de licença ambiental para implantação do ramal de 32 quilômetros, que levará gás natural até a termelétrica de Corumbá (88MW). A autorização para início das obras estaria emperrada no Instituto Brasileiro […]

Arquivo Publicado em 01/01/2000, às 12h00

None

O governador José Orcírio Miranda dos Santos, o Zeca do PT, atribui “à manobra política do PMDB e do PSDB” o atraso na liberação de licença ambiental para implantação do ramal de 32 quilômetros, que levará gás natural até a termelétrica de Corumbá (88MW). A autorização para início das obras estaria emperrada no Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

De acordo com a assessoria do governador, Zeca do PT recorrerá ao ministro de Meio Ambiente, José Carlos de Carvalho, em sua viagem a Brasília, no dia 5, para pedir pressa na liberação da licença.

Jornal Midiamax