Polícia / Trânsito

Após pagar fiança, motorista bêbado que matou irmã de ex-prefeito em acidente é solto em MS

Pagou R$ 750 como fiança e foi solto

Dayene Paz Publicado em 09/06/2021, às 14h20

None
Acidente ocorreu na BR-262, em Campo Grande | Imagem ilustrativa

Após pagar fiança, o produtor agropecuário, José Antônio Alves Pereira, de 48 anos, que matou a namorada Sandra Tavares Almeida Nunes, de 51 anos, em acidente de trânsito no último dia 9 de maio, foi liberado pela Justiça. Sandra é irmã do ex-prefeito de Taquaurussu, Roberto Tavares Almeida, o Roberto Nem.

O alvará de soltura foi cumprido no dia 24 de maio. Conforme os autos, a defesa entrou com pedido de liberdade do suspeito no dia 12 de maio, alegando que José é réu primário, não tem antecedentes criminais, possui trabalho, residência fixa e uma filha melhor de idade que depende do pai. Ele pagou R$ 750 como fiança e foi solto.

No dia do acidente várias garrafas de cervejas long neck foram encontradas no veículo. Após preso, José confessou que havia bebido antes de dirigir o Ford Fiesta em que estava a namorada. Ele passou por teste do bafômetro, que constatou 0,35 miligramas de álcool por litro de sangue.

Acidente

O acidente aconteceu por volta das 21 horas de domingo (09), quando o homem conduzia o carro com a luzes traseiras apagadas, mas as frontais acessas. Ele tentava ultrapassar os carros na pista sendo que no Km 317, da BR-262, próximo ao autódromo de Campo Grande, o motorista fez uma ultrapassem pelo acostamento de Hyundai HB20 e de um Fiat Strada, quando perdeu a direção e saiu da pista.

Com o acidente o carro capotou e foi parar as margens da rodovia. Sandra, foi lançada para fora do carro e morreu no local. O Corpo de Bombeiros foi acionado e o homem levado para a Santa Casa onde ficou internado sob escolta até a alta médica, quando foi levado para a delegacia onde prestou depoimento. 

Jornal Midiamax