Polícia / Trânsito

‘Paraguai’ morre ao atropelar boi na Curva do Urubu com moto fria

Passageiro ficou gravemente ferido 

Midiamax Publicado em 26/06/2017, às 12h11

None

Passageiro ficou gravemente ferido 

Um motociclista, identificado apenas como ‘Paraguai’ morreu depois de atropelar um boi na madrugada desta segunda-feira (26) na MS-339, em Bodoquena, a 260 quilômetros de Campo Grande. O acidente aconteceu no local conhecido como ‘curva do urubu’ e o passageiro do veículo ficou gravemente ferido.

De acordo com o boletim de ocorrência, ‘Paraguai’ era funcionário de uma carvoeira na saída do município de Miranda e conduzia uma motociclista Honda Fan pela rodovia. Ele levava como passageiro Adilson Alves Pereira, de 36 anos e quando passava pela ‘curva do urubu’, no km 45 da rodovia, teria atropelado um boi.

Com o acidente, as duas vítimas ficaram gravemente feridas e motoristas que passavam pelo local pararam para ajudar. ‘Paraguai’ não resistiu e morreu no local. Adilson foi socorrido para o Hospital Municipal de Bodoquena, mas precisou ser transferido para a Santa Casa de Campo Grande, onde permanece internado.'Paraguai' morre ao atropelar boi na Curva do Urubu com moto fria

A Polícia Militar e Civil, além da perícia, foram chamadas. No local do acidente as equipes constataram que a motocicleta da vítima estava com uma placa falsa, que na verdade pertencia a um veículo do mesmo modelo. A moto não era roubada, mas não possuía Renavan (Registro Nacional de Veículo), nem cadastro no Detran, por isso foi apreendida.

A polícia também não conseguiu o nome do motociclista, apenas o apelido usado por ele. O caso foi registrado como homicídio culposo na direção de veículo automotor, na Delegacia de Polícia Civil do município. (Foto ilustrativa da MS-339/  Edemir Rodrigues)

Jornal Midiamax