Polícia / Trânsito

Motorista fica preso às ferragens depois de bater carreta-tanque em carreta no Indubrasil

Via ficou interditada

Midiamax Publicado em 20/01/2016, às 21h16

None
img-20160120-wa0109.jpg

Via ficou interditada

Uma carreta-tanque que transporta gás GLP tombou na rotatória do Indubrasil por volta das 17h desta quarta-feira (20) depois de colidir na traseira de uma carreta bitrem no Indubrasil, BR-262, em Campo Grande. O motorista ficou preso às ferragens. O caminhão ficou na lateral da pista e o tanque interditou a via no sentido Campo Grande/Terenos.

Segundo policiais da PRF (Polícia Rodoviária Federal), o condutor do caminhão tanque, placas EKH 6299, vinha sentido Campo Grande/Terenos, quando chegou na rotatória e bateu na traseira da carreta OOM 2635, que fazia a rotatória. O caminhão tombou, derrapou na via, caiu no barranco e o tanque ficou atravessado na pista. 

Testemunhas, que não quiseram se identificar, comentam que o caminhão tanque tentou frear, mas o condutor teria perdido o controle antes de entrar na rotatória.

Depois de passar cerca de 40 minutos nas ferragens, o caminhoneiro, de 42 anos, foi retirado com ajuda de um desencarcerador. Segundo o tenente Dilkin do Corpo de Bombeiros, foi encaminhado a Santa Casa consciente e orientado, com suspeita de fratura na perna.

O tenente disse que foi acionado um guincho munck para levantar o cavalo, porque o motorista estava preso pela perna, mas não foi necessário, uma vez que os bombeiros conseguiram levantar a lataria e tirar o motorista. “Foi uma ação de risco porque mesmo com a carreta vazia, é perigoso derramamento de combustível, faísca e uma possível explosão”, disse.

O motorista disse para o Corpo de Bombeiros que ele foi fazer a rotatória, quando a carreta reduziu a velocidade e ele acabou colidindo com o veículo.

A Polícia Militar de Trânsito está no local. A via segue interditada no sentido Campo Grande/Terenos. O congestionamento já chega a um quilômetro. Muitos motoristas transitam na contramão para desviar do congestionamento. 

Jornal Midiamax