Polícia / Trânsito

Menino de 12 anos atropelado ao correr para não perder ônibus já está em casa

Ele recebeu alta médica na noite de ontem

Renata Portela Publicado em 31/03/2016, às 13h35

None
indice.jpeg

Ele recebeu alta médica na noite de ontem

Menino de 12 anos, atropelado na Avenida Guaicurus na manhã de quarta-feira (30), recebeu alta médica por volta das 18h40 e está em casa. A criança corria para pegar um ônibus quando foi atropelada por um carro de passeio na avenida.

De acordo com a assessoria da Santa Casa de Campo Grande, para onde o garoto foi encaminhado após receber atendimento na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Universitário, ele passou pelo Pronto-Socorro da ala de pediatria, fez alguns exames médicos e foi liberado.

Atropelamento

O menino havia acabado de sair da escola e estava acompanhado de uma colega quando sofreu o acidente. A criança sofreu ferimentos graves, mas estava consciente quando foi socorrida.

De acordo com a colega da vítima, de 13 anos, eles saíram da Escola Iracema de Souza Mendonça e pararam nas proximidades da Avenida Guaicurus para comprarem um salgado. Quando o menino viu o ônibus que pega para voltar para casa, atravessou a avenida correndo, sem se atentar para os veículos que transitavam na via. “Eu gritei para ele parar, mas não parou”, conta a menina.

Ainda segundo a testemunha, o colega ficou desesperado porque iria perder o ônibus e por isso correu. Ele tentava chegar ao outro lado da avenida e passou na frente de um ônibus que estava parado, o que impediu que o motorista do Renault Scenic prata, placas de Campo Grande (MS), o visse.

Segundo o rapaz de 20 anos, que estava no carro que era conduzido pelo pai dele, de 41 anos, eles estavam no horário de almoço e transitavam na avenida em baixa velocidade. “O menino surgiu de trás do ônibus e não vimos nem tivemos tempo de parar”, conta.

Equipe do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) encaminhou o menino para a UPA.

Jornal Midiamax