Polícia / Trânsito

Veloster invade preferencial e causa capotamento próximo da Base Aérea

Motorista de carro esportivo alega que não teria visto o outro veículo

Renata Portela Publicado em 09/08/2015, às 15h13

None
interna1.jpg

Motorista de carro esportivo alega que não teria visto o outro veículo

Na manhã deste domingo (9), por volta das 11 horas, um acidente com capotamento foi registrado na Avenida Lúdio Coelho, região oeste da Capital, nas proximidades da Base Aérea. O Corpo de Bombeiros e a Polícia de Trânsito estiveram no local.

Antônio Espíndola, de 49 anos, seguia pela Avenida Lúdio Coelho no Uno, verde, placas GOT-8030, de Campo Grande (MS), quando foi atingido pelo Veloster, preto, placas OOK-2108, também de Campo Grande (MS) e capotou com o impacto. O motorista do Veloster seguia na Rua João Ribeiro Guimarães e provocou o acidente ao entrar na avenida.

O motorista do Veloster, Luiz Albonezi, de 21 anos, afirmou que parou no cruzamento e não viu o Uno, por isso entrou na avenida. Ele estava acompanhado da mulher, que teve bebê há uma semana. O casal, que sofreu apenas ferimentos leves, estava em choque e afirmou que teve sorte pelo recém-nascido não estar no carro.

O irmão de Antônio, Veridiano Espíndola, que acompanhava a vítima, revelou que eles estavam indo para a casa da mãe deles. Ele disse que o irmão não teve ferimentos graves, mas precisou ser encaminhado para a Santa Casa, pois sofreu corte no supercílio. Ele ainda afirmou que o motorista do Veloster não parou no cruzamento. 

O trânsito não foi prejudicado e a polícia aguarda para retirar os veículos do local. 

Jornal Midiamax