Polícia / Trânsito

Sobrevivente diz que esposa dirigia Hilux em acidente que matou os filhos

Conforme PRF, Aquaplanagem provocou acidente

Midiamax Publicado em 03/10/2015, às 21h24

None
img-20151003-wa0074.jpg

Conforme PRF, Aquaplanagem provocou acidente

Mauro Luiz Pereira da Costa, de 39 anos, teria dito à PRF (Polícia rodoviária Federal) que a esposa Alcione Neres da Costa, de 36 anos, estava dirigindo o veículo no momento em que ocorreu o acidente que matou a mulher e os dois filhos dois casal.

O acidente aconteceu na manhã deste sábado (3),  na ponte do Rio Santa Luzia, na BR-163, em Nova Alvorada do Sul, a aproximadamente 70 quilômetros ao sul de Campo Grande. A família viajava em uma Hilux preta, placas EPK-0210, de Osasco-SP, sentido Nova Alvorada do Sul-Campo Grande, quando o veículo caiu na ponte do Rio Santa Luzia.

Chovia nesta manhã e conforme informações da PRF, a Perícia Técnica da Polícia Civil teria detectado que o acidente foi provocado pela aquaplanagem. A condutora ficou presa nas ferragens e morreu na hora. Os filhos do casal, Vitor Hugo Neres, de 8 anos, e  Davi Lucas Neres da Costa, de 3 anos, desapareceram no rio com 20 metros de extensão.

O caçula foi o primeiro a ser encontrado. O corpo estava preso debaixo do veículo. Pouco depois, a equipe de resgate do Corpo de Bombeiros achou o irmão mais velho, a 300 metros da ponte onde ocorreu o acidente.

Os corpos foram encaminhados para o Imol (Instituto de Medicina e Odontologia Legal) de Dourados, distante 225 quilômetros de Campo Grande.

O pai dos meninos sofreu ferimentos leves e foi levado para o Hospital Municipal de Nova Alvorada do Sul. Seu estado de saúde é considerado estável.

Jornal Midiamax