Polícia / Trânsito

BR-163 está com 7 km de congestionamento por conta de carreta de diesel tombada

Não há previsão de ser liberada

Midiamax Publicado em 14/07/2015, às 17h52

None
img-20150714-wa0083.jpg

Não há previsão de ser liberada

A carreta Iveco com dois tanques que tombou no início da manhã desta terça-feira (14) continua em meio a BR-163. Os trabalhos no local ainda estão sendo realizados pela PRF (Polícia Rodoviária Federal), CCR MS Via e a empresa do veículo. Há pelo menos 7 quilômetros de congestionamento.

A equipe do Jornal Midiamax passou pelo local e verificou que a carreta que estava carregada com aproximadamente 30 mil litros de diesel continua no local. Ainda há muito combustível na via, além disso, a carreta continua vazamento. Não há previsão para liberar os dois sentidos.

O acidente ocorreu há pelo menos 10 quilômetros de Jaraguari. Muitos condutores estão tentando fugir do congestionamento por estradas sem pavimentações que há nas margens daquela rodovia.

Acidente

O condutor da carreta seguia pela rodovia sentido Campo Grande a Jaraguari quando o tanque traseiro tombou, mas mesmo assim o veículo andou por mais 500 metros e com isso o diesel derramou na via. Houve princípio de incêndio, mas o fogo foi controlado.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, há suspeita de que o combustível tenha atingido uma nascente nas proximidades. O trânsito está congestionado em 10 quilômetros nos dois sentidos da rodovia e as equipes do Corpo de Bombeiros, PRF e CCR MSVia estão no local fazendo os trabalhos e orientando o trânsito.

O motorista, que não teve o nome divulgado, não sofreu ferimentos e foi encaminhado pela equipe da CCR MSVia para observação no hospital de Jaraguari. Além da nascente que foi atingida, a preocupação também é com o diesel que está espalhado na pista.

A CCR MSVia já providenciou pó de serra e areia para jogar na pista. O tenente Vila Maior disse que suspeita de que o motorista possa ter cochilado ao volante ou tentado fazer uma ultrapassagem e ao voltar para a sua pista o tanque pode ter se desequilibrado e provocado o tombamento.

Jornal Midiamax