Polícia / Trânsito

Acidente na Mascarenhas de Moraes deixa trânsito lento e faz uma vítima

Um acidente na avenida Mascarenhas de Moraes com a rua Dolor de Andrade, na manhã desta quinta-feira (19), deixou o trânsito lento no local. A colisão frontal entre a motoneta Honda Biz, placa HRK 4152, de Campo Grande, e o veículo Volkswagen Pointer, placas HRE 9349, de Campo Grande, vitimou a condutora da moto. Segundo […]

Arquivo Publicado em 19/04/2012, às 11h16

None

Um acidente na avenida Mascarenhas de Moraes com a rua Dolor de Andrade, na manhã desta quinta-feira (19), deixou o trânsito lento no local. A colisão frontal entre a motoneta Honda Biz, placa HRK 4152, de Campo Grande, e o veículo Volkswagen Pointer, placas HRE 9349, de Campo Grande, vitimou a condutora da moto.


Segundo informações do motorista do Pointer, José Almir da Silva, 45 anos, ele subia a Mascarenhas de Moraes, sentido bairro-terminal General Osório, quando a motociclista invadiu a pista na contramão para fazer uma conversão à esquerda e entrar na Dolor de Andrade.


Moradores da região disseram que os condutores costumam fazer a manobra no local, que apesar de não ser proibida, causa acidentes por ser arriscada. Eles ainda apontaram como solução deixar a rua Dolor de Andrade, entre o trecho da Avenida Castelo Branco e a Mascarenhas de Moraes, mão única.


Para Flávio Neves, 33 anos, motorista, a mudança da via para mão única seria uma forma de resolver o problema. Ele lembra que há um ano, um acidente entre um caminhão e uma bicicleta, deixou o ciclista morto. “Aqui a coisa é feia”, ressaltou.


Já Viviane Gondolim, 33 anos, lembrou de um atropelamento no mesmo local. O acidente foi entre em carro e uma bicicleta. Para ela, a instalação de um sinal de três tempos resolveria os transtornos na região.


A motociclista foi socorrida pelo Samu (serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e encaminhada para o pronto-socorro da Santa Casa, orientada e com suspeita de fratura.

Jornal Midiamax