Polícia

Bombeiros encontraram rastros de onça em trilha onde idosa desapareceu no último domingo

Equipes seguem em buscas dia e noite na região

Renata Portela e Thatiana Melo Publicado em 14/01/2022, às 15h02

Helicópteros são empregados nas buscas
Helicópteros são empregados nas buscas - (Divulgação)

Continuam as buscas por Tânia Bonamigo, de 62 anos, que desapareceu no último domingo (9) na trilha da cachoeira Los Pagos, em São Gabriel do Oeste, a 133 quilômetros de Campo Grande. Corpo de Bombeiros confirmou que foram encontrados rastros de onça na região e ainda não foi identificada pista da localização da idosa.

De acordo com o major Fábio, do Corpo de Bombeiros, as equipes mapearam a área, dividindo em quadrantes. Atuam aproximadamente 30 militares nas buscas, entre busca terrestre, buscas com apoio dos cães de resgate e equipe especializada em salvamento e altura. Também há equipes que atuam com os drones.

Um dos drones empregados pelos bombeiros possui sensor térmico, o que possibilita que as buscas continuem também durante a noite. Além disso, dois helicópteros são usados, um cedido pelo Governo de Mato Grosso do Sul e outro da PRF (Polícia Rodoviária Federal).

Ainda segundo o major, a operação é comandada pelos bombeiros devido aos perigos elevados, pelo local ser de difícil acesso. As trilhas são estreitas e há riscos de ataques de abelhas, de animais peçonhentos e outros animais selvagens. O militar confirmou que foram identificados rastros de onça na região.

Tânia fazia a trilha com familiares, quando acabou ficando para trás e desapareceu. Equipes dos bombeiros, com apoio da Polícia Militar e também de voluntários iniciaram as buscas ainda no domingo.

Jornal Midiamax