Polícia

Suspeito de sequestro e assassinato de três pessoas é preso no Paraguai

Com ele, foi encontrado cerca de um bilhão de guaranis

Marcos Morandi Publicado em 26/11/2021, às 08h29

Dinheiro do regate estava enterrado no fundo da casa do suspeito
Dinheiro do regate estava enterrado no fundo da casa do suspeito - Divulgação

Um homem, suspeito de ter participado do sequestro de Helmut Ediger Friesen e de outras duas pessoas, foi preso na madrugada desta sexta-feira (26). Ele foi localizado pela Polícia Nacional do Paraguai, no Departamento de San Pedro.

Com ele, foi encontrado cerca de um bilhão de guaranis. O dinheiro foi pago pela família do alemão e estava enterrado nos fundos da casa do suspeito, que foi identificado como Alfredo Benítez.

Segundo informações do comissário César Silguero, a Polícia Nacional ainda investiga a participação de mais uma pessoa no sequestro do fazendeiro e dos seus dois funcionários. Os corpos foram encontrados na propriedade de Helmut que é bastante extensa.

As vítimas estavam desaparecidas desde a manhã de segunda (22), após terem sido sequestradas. Helmut já havia sido vítima de um ataque em julho deste ano, quando teve os pés e as mãos amarrados.

Jornal Midiamax