Polícia

Soldado de chefe do PCC, ‘Bonitão’, é preso com 100 quilos de maconha em casa

Francisco José Teixeira Vieira, de 34 anos que foi preso no bairro General Genes, em Pedro Juan Caballero, cidade que faz fronteira com o município sul-mato-grossense de Ponta Porã, nesta terça-feira (5) seria soldado da facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital). Ele trabalhava para o chefe da facção Giovane Barbosa da Silva, conhecido como ‘Bonitão’. […]

Thatiana Melo Publicado em 06/01/2021, às 08h16 - Atualizado às 11h40

(Foto: ABC Color)
(Foto: ABC Color) - (Foto: ABC Color)

Francisco José Teixeira Vieira, de 34 anos que foi preso no bairro General Genes, em Pedro Juan Caballero, cidade que faz fronteira com o município sul-mato-grossense de Ponta Porã, nesta terça-feira (5) seria soldado da facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital). Ele trabalhava para o chefe da facção Giovane Barbosa da Silva, conhecido como ‘Bonitão’.

Francisco foi preso junto de e Manuel Victor de Oliveira Neto, de 21 anos. Os dois seriam integrantes do PCC. Segundo o site ABC Color, na casa onde os dois foram presos, a polícia paraguaia encontrou cerca de 100 quilos de maconha e uma pistola 9mm.

A arama teria sido usada no assassinato do brasileiro Luís Davis Cardenas de Souza de 24 anos, que foi morto em frente a uma casa. O carro usado no crime seria muito parecido com o que foi apreendido na casa, uma Hilux.

‘Bonitão’ teria sido designado a pela direção do PCC para ocupar o posto de ‘patrono’ na fronteira entre Brasil e Paraguai, mas teve de voltar para São Paulo após novas instruções da facção criminosa.

Jornal Midiamax