Polícia

Presidente de Ordem dos Advogados no Paraguai é assassinado a tiros em escritório

Ele já sofreu tentativa de homicídio em 2018

Renata Portela e Marcos Morandi Publicado em 17/11/2021, às 13h21

Pedro foi executado a tiros
Pedro foi executado a tiros - (Divulgação)

Nesta quarta-feira (17), Pedro David Galeano, de 36 anos, foi executado a tiros no Paraguai, em Caaguazú. Suspeitos invadiram o escritório da vítima e atiraram, atingindo a cabeça e o peito de Pedro.

A vítima é ex-juiz de Paz e atual presidente da Ordem dos Advogados do Departamento de Caaguazú. No fim da manhã desta quarta, dois homens chegaram ao escritório de Galeano em uma motocicleta e atiraram várias vezes.

Pedro já tinha sido vítima de tentativa de homicídio em 14 de julho de 2018, quando um brasileiro tentou surpreender o ex-juiz no momento em que ele entrava em casa. Na época, Galeano acabou reagindo e matando o pistoleiro.

Jornal Midiamax