Polícia

Presa com 9 quilos de maconha alegou desemprego para transportar droga

A jovem de 28 anos presa nesta segunda-feira (1º), com uma bagagem cheia de maconha, em um ônibus interestadual em Campo Grande, na BR-163, região do Jardim Itamaracá alegou a falta de emprego para ter aceitado fazer o transporte da droga até o Maranhão. Ela passa por audiência de custódia nesta terça-feira (2). Depois de sua […]

Thatiana Melo Publicado em 02/03/2021, às 09h57

(Ilustrativa)
(Ilustrativa) - (Ilustrativa)

A jovem de 28 anos presa nesta segunda-feira (1º), com uma bagagem cheia de maconha, em um ônibus interestadual em Campo Grande, na BR-163, região do Jardim Itamaracá alegou a falta de emprego para ter aceitado fazer o transporte da droga até o Maranhão. Ela passa por audiência de custódia nesta terça-feira (2).

Depois de sua prisão, ela disse na delegacia que estava desempregada e que uma pessoa de sua cidade havia procurado ela para buscara maconha em Campo Grande e levar a droga até Goiânia e para isso receberia o valor de R$ 2 mil. Já na Capital, a jovem ficou hospedada em um hotel próximo a rodoviária.

Um homem conhecido como ‘Otimista’ teria ido até o local para entregar a maconha, que foi colocada em uma mala. Dentro da bagagem estavam vários tabletes que pesaram 9 quilos do entorpecente.

Ela não disse para quem a droga seria entregue. A mulher passa por audiência de custódia nesta terça (2) onde deve ser decidida ou não pela sua prisão preventiva.

Jornal Midiamax