Polícia

Assistente é acusada de acolher idosa e furtá-la 81 vezes em MS

Crimes ocorreram ao longo de 10 meses

Renan Nucci Publicado em 11/05/2021, às 15h25

Acusada teria feito saques usando cartões da vítima
Acusada teria feito saques usando cartões da vítima - Foto Ilustrativa

Assistente de serviços gerais de 54 anos responde processo criminal por estelionato, depois de furtar uma idosa ao menos 81 vezes, causando-lhe prejuízo na ordem de R$ 12,9 mil. A acusada alega que os valores são referentes à despesas de moradia, já que havia acolhido a idosa, com intuito de ajudá-la nos cuidados diários.

Os fatos ocorreram em 2018, no Jardim Morenão. Na época, a idosa passou a morar com a autora e foi levada a uma agência bancária. A investigada teria agido de má fé e enganando a vítima, induzindo-a a contratar um empréstimo de R$ 3 mil. A idosa assinou a documentação acreditando que estava atualizando dados de sua conta.

Em outra oportunidade, da mesma forma, fez com que a vítima contratasse mais R$ 2,3 mil em empréstimos. Além disso, ao longo de dez meses, a autora teria se apossado inúmeras vezes do cartão da idosa, realizando o total de 81 débitos variados, como saques e compras, na conta dela. Quando a idosa se deu conta, o prejuízo já era de R$ 12,9 mil.

O caso foi denunciado à Polícia Civil que,  indiciou a assistente de serviços gerais e relatou o caso ao MPMS. O juízo da 4ª Vara Criminal da capital recebeu a denúncia e, por sua vez, agendou para o próximo dia 1 de junho a audiência de instrução, oportunidade em que serão ouvidas testemunhas de defesa, de acusação e a ré do estelionato.

Jornal Midiamax