Polícia

Paraguaio, homem vai tirar RG brasileiro e descobre que outra pessoa já havia feito documento em seu nome

Mãe da vítima informou que há dois anos forneceu certidão para que conhecido arrumasse emprego para o filho

Danielle Errobidarte Publicado em 01/06/2021, às 17h01

None
(Foto: Ilustrativa)

Homem, de 26 anos, foi fazer o seu RG (Registro Geral) brasileiro, na manhã desta terça-feira (1º) e descobriu que outra pessoa havia feito o documento em seu nome. Ele é de nacionalidade paraguaia e solicitou o documento ao ingressar no Brasil.

Conforme o registro policial, a vítima havia agendado para fazer o documento no Núcleo de Identificação da cidade. Ao chegar no local, acompanhado pela mãe, ele foi informado de que uma outra pessoa já havia se cadastrado em seu nome.

O homem explicou que mora em Assunção, no Paraguai, desde criança, mas se mudou para o Brasil há pouco tempo. Ele ainda alegou que desconhece a foto da pessoa e foi constatado que suas impressões digitais não condiziam com a já registrada.

Segundo a mãe da vítima, ela empresou o documento do filho, há dois anos, para um conhecido do bairro onde morava. O suspeito alegou que arrumaria emprego para o filho. O caso foi registrado como falsidade ideológica.

Jornal Midiamax