Polícia

Padrasto é preso em MS por estuprar e engravidar enteada de 16 anos que é deficiente

Ao ver polícia, homem tentou se esconder em lan house

Renan Nucci Publicado em 14/05/2021, às 15h57

Ação foi realizada pela Polícia Civil
Ação foi realizada pela Polícia Civil - Foto Ilustrativa

Homem de 47 anos foi preso pela Polícia Civil na tarde desta sexta-feira (14), em Sidrolândia, a 70 quilômetros de Campo Grande, suspeito de estuprar e engravidar a enteada de 16 anos, que é deficiente. A ação foi realizada pelo SIG (Setor de Investigações Gerais).

Após denúncia, a polícia instaurou inquérito para apurar o ocorrido e representou pela prisão preventiva do suposto autor, que foi deferida pelo Poder Judiciário. O homem foi localizado na Rua São Paulo, no centro da cidade, e tentou fugir dos investigadores, mas sem sucesso.

As informações são de que após notar a aproximação da equipe, ele tentou correr para uma lan house, mas foi cercado. Como a vítima tem deficiência, o homem foi indiciado pelo crime de estupro de vulnerável, sendo encaminhado ao presídio. Não foram divulgados detalhes do crime.

Jornal Midiamax